Participe deste Blog, Seja Membro

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Lição 1 - Como identificar e refutar as Seitas e Heresias



05 de Janeiro de 2014

Como identificar e refutar as Seitas e Heresias

Texto Áureo

“Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo grande desejo de ouvir coisas agradáveis, ajuntarão para si mestres, segundo os seus próprios desejos,” 2 Tm 4.3

Verdade Aplicada

O cristão deve saber identificar os falsos mestres e seus ensi­nos, para não ser enganado ou até mesmo desviado da verda­deira palavra de Deus.

Objetivos da Lição

      Ensinar a definição de seitas e heresias;
      Apresentar as principais ca­racterísticas dos falsos ensinos;
      Mostrar como combater, à luz da Bíblia, as doutrinas dissimu­ladas.

Textos de Referência

2 Tm 4.1    Conjuro-te diante de Deus e de Cristo Jesus, que há de julgar os vivos e os mortos, pela sua vinda e pelo seu reino;
2 Tm 4.2    prega a palavra, insta a tempo e fora de tempo, admo­esta, repreende, exorta, com toda longanimidade e ensino.
2Tm 4.3     Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutri­na; mas, tendo grande desejo de ouvir coisas agradáveis, ajuntarão para si mestres, se­gundo os seus próprios desejos,
2 Tm 4.4    e não só desviarão os ouvidos da verdade, mas se voltarão às fábulas.

2 Tm 4.5    Tu, porém, sê sóbrio em tudo, sofre as aflições, faze a obra de um evangelista, cum­pre o teu ministério.



quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Lição 13 - Tema a Deus em todo Tempo


29 de Dezembro de 2013


TEMA A DEUS EM TODO TEMPO

Texto Áureo

De tudo o que se tem ouvido, o fim é: Teme a Deus e guarda os seus mandamentos; porque este é o dever de todo homem(Ec 12.13).

Verdade Aplicada

Obedecer aos mandamentos do Senhor é a prova de que vivemos uma vida justa diante dos homens e de Deus.

Objetivos da Lição

    Saber que somos criatura; Deus, o Criador.
   Explicar os dois grandes momentos da vida (juventude e velhice) e as duas dimensões da existência humana (corporal e espiritual).
    Analisar a oblação e a generosidade dos filipenses.

Salomão chega ao final de suas reflexões acerca da vida “debaixo do sol”. O pregador conclui o seu ensino no capítulo 12 de Eclesiastes, contrastando vividamente os distintos momentos da vida humana: juventude e velhice, alegria e tristeza, vida e morte, presente e futuro, temporal e eterno. O estilo adotado por Salomão deixa-nos a sensação de que ele processa a sua reflexão de trás para frente.

O autor fala da juventude a partir de uma análise realista da velhice. Fala da vida com os olhos fitos na morte. Fala do temporal com os olhos voltados ao eterno. Fala da criatura a partir do Criador. E fala do prazer da vida sem perder de vista o julgamento final.

Nessa última lição, veremos como o ensinamento do pregador nos ajuda a construir uma fé sadia e fundamentada no temor do Altíssimo. 






terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Lição 13 - Davi, um homem escolhido por Deus



29 de Dezembro de 2013

Davi, um homem escolhido por Deus

Texto Áureo

“Porém o Senhor disse a Samuel: Não atentes para a sua aparência, nem para a grandeza da sua es­tatura, porque o tenho rejeitado; porque o Senhor não vê como vê o homem, pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o Se­nhor olha para o coração”. Sm 16.7

Verdade Aplicada

As escolhas de Deus são sempre surpreendentes, porque Ele vê o que nenhum de nós pode con­templar. Ele vê o que está dentro do coração humano.

Objetivos da Lição

      Ensinar que Davi foi levado por Deus para o lugar da provação com o intento de aperfeiçoá-lo e torná-lo apto para reinar;
      Mostrar que as provações não fizeram de Davi um homem re­voltado, mas o transformaram em um adorador;
      Explicar que o final de um homem quebrantado é sempre diferente dos demais.

Textos de Referência

Sl 78.65      Então o Senhor desper­tou, como quem acaba de dormir, como um valente que se alegra com o vinho.
Sl 78.69      E edificou o seu santu­ário como altos palácios, como a terra, que fundou para sempre.
Sl 78.70      Também elegeu a Davi seu servo, e o tirou dos apriscos das ovelhas.
Sl 78.71      E o tirou do cuidado das que se acharam prenhes; para apascentar a Jacó, seu povo, e a Israel, sua herança.
Sl 78.72      Assim os apascentou, segundo a integridade do seu coração, e os guiou pela perícia de suas mãos.












sábado, 21 de dezembro de 2013

Lição 12 - Lança o teu pão sobre as águas


22 de Dezembro de 2013

Lança o teu pão sobre as águas

Texto Áureo

Lança o teu pão sobre as águas, porque, depois de muitos dias, o acharás” (Ec 11.1).

Verdade Prática

Lançar o pão sobre as águas é fazer o bem e ter esperança quanto a um futuro desconhecido

Objetivos da Lição

      Saber como viver uma vida com propósito.
      Decidir viver uma vida dinâmica com fé e esperança.
      Viver a vida com responsabilidade diante de Deus e dos homens.

Leitura Bíblica em Classe

Eclesiastes 11.1-10.

1 - Lança o teu pão sobre as águas, porque, depois de muitos dias, o acharás.
2 - Reparte com sete e ainda até com oito, porque não sabes que mal haverá sobre a terra.
3 - Estando as nuvens cheias, derramam a chuva sobre a terra, e, caindo a árvore para o sul ou para o norte, no lugar em que a árvore cair, ali ficará.
4 - Quem observa o vento nunca semeará, e o que olha para as nuvens nunca segará.
5 - Assim como tu não sabes qual o caminho do vento, nem como se formam os ossos no ventre da que está grávida, assim também não sabes as obras de Deus, que faz todas as coisas.
6 - Pela manhã, semeia a tua semente e, à tarde, não retires a tua mão, porque tu não sabes qual prosperará; Se esta, se aquela ou se ambas igualmente serão boas.
7 - Verdadeiramente suave é a luz, e agradável é aos olhos ver o sol.
8 - Mas, se o homem viver muitos anos e em todos eles se alegrar, também se deve lembrar dos dias das trevas, porque hão de ser muitos. Tudo quanto sucede é vaidade.
9 - Alegra-te, jovem, na tua mocidade, e alegre-se o teu coração nos dias da tua mocidade, e anda pelos caminhos do teu coração e pela vista dos teus olhos; sabe, porém, que por todas essas coisas te trará Deus a juízo.
10 - Afasta, pois, a ira do teu coração e remove da tua carne o mal, porque a adolescência e a juventude são vaidade.

LEIA A LIÇÃO AQUI







domingo, 15 de dezembro de 2013

Lição 12 - Quando Deus diz não



22 de Dezembro de 2013

Quando Deus diz não

Texto Áureo

“Vai, e dize a meu servo Davi: Assim diz o Senhor: Edificar-me-ás tu uma casa para minha habitação?” 2 Sm 7.5

Verdade Aplicada

Os planos e propósitos divinos estão sempre acima dos nossos, um “não” de Deus pode repre­sentar o melhor para nós.

Objetivos da Lição

      Ensinar que, mesmo tendo boas intenções, a vontade de Deus sempre será melhor para nós;
      Mostrar que o “não” de Deus sempre vem acompanhado de bênçãos futuras para nossas vidas;
      Explicar que Davi não pode construir o templo, mas ajudou seu filho na realização.

Textos de Referência

1 Cr 28.2   E pôs-se o rei Davi em pé, e disse: Ouvi-me, irmãos meus, e povo meu; em meu coração propus eu edificar uma casa de repouso para a arca da aliança do Senhor e para o es­trado dos pés do nosso Deus, e eu tinha feito o preparo para a edificar.
1 Cr 28-3   Porém Deus me disse: Não edificarás casa ao meu nome, porque és homem de guerra, e derramaste muito sangue.
1 Cr 28.4   E o Senhor Deus de Israel escolheu-me de toda a casa de meu pai, para que eternamente fosse rei sobre Israel; porque a Judá escolheu por soberano, e a casa de meu pai na casa de Judá; e entre os filhos de meu pai se agradou de mim para me fazer reinar sobre todo o Israel


quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Lição 11 - Davi, a lâmpada de Israel



15 de Dezembro de 2013

Davi, a lâmpada de Israel

Texto Áureo

“Porém, Abisai, filho de Zeruia, o socorreu, e feriu o filisteu, e o matou. Então os homens de Davi lhe juraram, dizendo: Nunca mais sairás conosco à peleja, para que não apagues a lâmpada de Israel”. 2 Sm 21.17

Verdade Aplicada

Os grandes amigos sabem re­conhecer a nossa importância, respeitar o que existe de Deus em cada um de nós, e são capa­zes de se arriscar para conservar acesa a chama que arde em nós.

Objetivos da Lição

      Explicar que gigantes sempre aparecerão para guerrear conos­co, e que se aperfeiçoam com o passar dos tempos;
      Mostrar a necessidade de ter verdadeiros amigos, como Abi­sai, ao nosso lado, na hora em que nos cansamos;
      Ensinar que Davi era o símbolo de uma luz que iluminava não somente seus amigos, mas toda sua nação.

Textos de Referência

2 Sm 21.13         Tiveram mais os filisteus uma peleja contra Israel; e desceu Davi, e com ele os seus servos; e tanto pelejaram contra os filisteus que Davi se cansou.
2 Sm 21.16         E Isbi-Benobe, que era dos filhos do gigante, cuja lança pesava trezentos siclos de cobre, e que cingia uma espada nova, intentou ferir a Davi.
2 Sm 21.20         Houve ainda tam­bém outra peleja em Gate, onde estava um homem de alta esta­tura, que tinha em cada mão seis dedos, e em cada pé outros seis, vinte e quatro ao todo, e também este nascera do gigante.
2 Sm 21.21         E injuriava a Israel; porém Jônatas, filho de Simei, irmão de Davi, o feriu.

PRESTIGIE LENDO A LIÇÃO COMPLETA AQUI>>>Lição 11 - Davi, a lâmpada de Israel

PRESTIGIE LENDO A LIÇÃO RERSUMIDA AQUI>>> Lição 11 - Davi, a lâmpada de Israel


terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Lição 11: A ilusória prosperidade dos ímpios

Os objetivos a serem alcançados com esta aula são:

  • Avaliar os paradoxos da vida.
  • Conscientizar-se da imprevisibilidade da vida.
  • Viver por um ideal legítimo.

A aparente prosperidade dos maus é um tema recorrente em Eclesiastes. Nos Salmos, Davi aborda essa questão fazendo a seguinte pergunta: Por que os justos sofrem e os ímpios prosperam? (Sl 73). Nesse mesmo tom, Salomão observa que, debaixo do sol, os injustos parecem levar vantagem sobre os justos. Mas quando ambos são nivelados por Deus, na arena da vida, constata-se que os justos e os injustos terão o mesmo fim. Mas como o sábio de Eclesiastes, concluímos que a justiça é melhor que a injustiça. É preferível ser sábio do que agir como um tolo, pois seremos medidos pelos padrões de Deus, não pelas circunstâncias da vida.



segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Lição 10 - Cumprindo as Obrigações Diante de Deus


Os objetivos a serem alcançados com esta aula são:


  • Conceituar as obrigações de natureza político-social e religiosa.
  • Explicar as obrigações ante a santidade de Deus (reverência e obediência).
  • Compreender as obrigações frente a transcendência e a imanência de Deus.

Na lição anterior, vimos que o pregador tratou sobre as coisas que acontecem “debaixo do sol” (Ec 1 — 4). Ele demonstrou que o conhecimento sem o temor de Deus não é sabedoria, mas loucura. Demonstrou ainda que a busca desenfreada pelo prazer é correr “atrás do vento” e que a aquisição de bens materiais não pode fazer de nós pessoas felizes. E, por último, ensinou que o trabalho, sem a visão objetiva de Deus transforma-se em mero ativismo.

A partir do capítulo cinco, porém, Salomão versa sobre o estilo de vida do adorador consciente dos seus direitos e obrigações diante de Deus. Esse assunto é o que, à luz dos atributos divinos revelados nas Escrituras Sagradas — santidade, transcendência e imanência —, buscaremos compreender. Nesta lição, veremos que as nossas obrigações não se limitam ao “mundo eclesiástico-religioso”, mas também ao universo que Deus criou.

LEIA A LIÇÃO COMPLETA AQUI

LEIA A LIÇÃO RESUMIDA AQUI


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Publicidade

Parceria Tecnogospel

Parceria

Pubicidade

Publicidade

Divulgue seu site visitas unicas

The Best Traffic Exchange

Mais divulgação de seu site

Geralinks

GeraLinks - Agregador de links

Mais ações nas suas Redes Sociais

Like Ub - Easyhits4u - Startxchange - Trafego Social Gratis.